Mercado

Compare a variação do preço do milho e da soja em 2023 e desde 2020!

O Farmnews atualizou os dados da variação do preço do milho e da soja ao longo de 2023 e também no acumulado desde o ano de 2020.

A queda no preço dos grãos em 2023 tem ganhado destaque, já que os números chamam a atenção pela intensidade da perda que alcançou 36,3% na parcial do ano para o milho e 25,8% para a soja, até o dia 29 de maio. Contudo, quando avaliamos um período maior de tempo, desde o início de 2020, o preço segue acumulando ganho, com vantagem para a soja em relação ao milho (primeira Figura).

E embora o mercado futuro esteja apresentando alguma recuperação após alcançar a mínima, em maio, tanto para os contratos do milho (clique aqui) como da soja (clique aqui), a previsão segue com perspectivas de valores muito abaixo do praticado no mesmo período do ano anterior aos vencimentos dos contratos.

A Figura a seguir ilustra a variação acumulada do preço médio nominal do milho (Cepea) e da soja (Cepea, Paranaguá-PR) entre janeiro de 2020 e a parcial de maio de 2023 (até o dia 29).

preço do milho
Fonte: Dados do Cepea (adaptado por Farmnews)

O preço do milho acumulou alta de 14,7% entre janeiro de 2020 e a parcial de maio de 2023, valor menor que o observado para a soja no mesmo período (58,4%).

O milho já devolveu praticamente todo o ganho desde o início de 2020, período que antecedeu a COVID-19, ao contrário da soja que segue acumulando ganhos maiores, inclusive com uma perspectiva de preços melhores para a segunda metade do ano.

E por falar nisso, o Farmnews apresenta os dados do preço futuro da soja para o vencimento em julho de 2023. Clique aqui e confira!

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

É interessante observar também que desde 2020 a alta do milho (Cepea) chegou a alcançar 97,2%, em maio de 2021, quando o valor saca inclusive apresentou média nominal acima de R$100,0. No caso da soja (Cepea, Paranaguá-PR), o ganho atingiu 128,4% em março de 2021, quando o preço médio nominal ficou muito próximo de R$200,0 por saca.

O fato é que desde a metade de março de 2023 a pressão no preço dos grãos tem sido muito forte e a queda acumulada desde o final de 2022 já acumula mais de 35,0% para o milho e mais de 25,0% para a soja, como revelam os dados da segunda Figura.

A Figura a seguir ilustra a variação acumulada do preço médio nominal do milho (Cepea) e da soja (Cepea, Paranaguá-PR) ao longo de 2023.

preço do milho
Fonte: Dados do Cepea (adaptado por Farmnews)

Vale lembrar que a produção mundial de soja deve alcançar 410,58 milhões de toneladas na safra 2023/24 e, caso confirmada a previsão de maio de 2023, será o maior valor da história. A produção mundial de soja deve alcançar o segundo ano consecutivo de alta e superando 400,0 milhões de toneladas pela primeira vez. Claro, se as previsões confirmarem e o clima ajudar. Clique aqui e saiba mais!

O cenário do milho é semelhante, com a expectativa de produção maior que o consumo na próxima safra, o que mantém os valores pressionados do grão (clique aqui).

Essa queda no preço do milho tem melhorado o poder de compra do pecuarista frente ao grão. A relação de preço do boi gordo e do milho segue aumentando em maio de 2023 e alcançou o maior patamar desde o final de 2019. Clique aqui!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo