Mercado

Compare o preço do bezerro no início de 2023 frente ao mesmo período de 2022

O preço do bezerro iniciou o ano de 2023 cerca de 13,0% abaixo do valor médio nominal praticado em janeiro de 2022.

Isso porque o preço médio nominal do bezerro (Cepea, Mato Grosso do Sul) em janeiro de 2022 foi de R$2.907,1 por cabeça, enquanto a média parcial de janeiro de 2023, até o dia 4, foi de R$2.517,0 por cabeça, o que corresponde a uma queda de 13,4% em relação à média de 2022.

O ano está apenas começando e o mercado ainda segue com pouca liquidez, o que pode aumentar a volatilidade de preços assim que o volume de negócios aumentar. Mas é importante destacar que a média desses primeiros dias de janeiro de 2023, de R$2.517,0 por cabeça, foi a maior desde setembro de 2022, quando o valor nominal ficou em R$2.534,4 por cabeça.

E por falar no comportamento de preço da reposição, o Farmnews apresentou os dados da variação do preço do boi gordo e do bezerro ao longo de pouco mais de 2 décadas, desde o ano 2000. Clique aqui e confira!

A Figura a seguir ilustra a evolução diária do preço nominal do bezerro (Cepea, Mato Grosso do Sul), avaliado em Reais por cabeça, entre 2022 e o início de 2023.

preço do bezerro
Fonte: Dados do Cepea (adaptado por Farmnews)

O preço do bezerro, na parcial de janeiro de 2023, embora apresente queda frente a janeiro de 2022, foi a maior média desde setembro.

Como mencionamos, são poucos dados e com uma referência de poucos negócios e à medida que o ritmo dos negócios aumente, teremos uma melhor noção do comportamento de preços nesse início de ano. E vale lembrar também que dentro do ano de 2022, o preço do bezerro foi o que apresentou a maior queda em 2022 entre as commodities agrícolas acompanhadas pelo Farmnews. Clique aqui e saiba mais!

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

Essa queda no preço do bezerro em 2022 estimulou o aumento do ritmo de abate de vacas ao longo do ano. Aliás, o Farmnews apresentou dados que mostraram que a taxa de abate de vacas em relação ao total de bovinos abatidos no Brasil no 3° trimestre de 2022 foi de 25,0% e o maior valor para o período desde 2019. Clique aqui e confira!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo