Mercado

Preço do boi gordo segue descolado da inflação e dólar em fevereiro de 2024

O Farmnews atualizou os dados da variação do preço do boi gordo, bezerro, dólar e do indicador de inflação (IGP-M) entre fevereiro de 2023 e 2024.

Afinal, como se comportaram, nos últimos 12 meses, os preços do boi gordo e do bezerro comparado ao indicador de inflação, medido pelo IGP-M, e o câmbio?

A Figura abaixo ilustra o comportamento do preço tanto do animal pronto para o abate como o do bezerro que, acumularam perda maior que a inflação e o dólar entre os meses de fevereiro de 2023 e fevereiro de 2024.

A Figura a seguir ilustra a evolução da variação acumulada do preço do boi gordo (Cepea), bezerro (Cepea, Mato Grosso do Sul), dólar e do indicador de inflação, IGP-M, entre os meses de fevereiro, de 2023 e 2024.

preço do boi gordo
Fonte: Dados do Cepea, FGV e BC (adaptado por Farmnews)

O preço do boi gordo caiu 17,9% entre os meses de fevereiro, de 2023 e 2024, queda maior que a do bezerro, dólar e a inflação medida pelo IGP-M que perderam 13,6%, 4,2% e 3,8%, nessa ordem.

O Farmnews inclusive comparou a evolução do preço do boi gordo no Brasil avaliado em moeda americana com o preço do animal pronto para o abate nos EUA. Clique aqui e confira!

A inflação medida pelo IGP-M voltou a cair em fevereiro, com perda de 0,52% frente ao mês anterior, a primeira queda desde agosto de 2023 e acumulado perda de 3,8% frente a fevereiro de 2023. O dólar também caiu na base anual de comparação, já que em fevereiro de 2023 foi cotado, em média, a R$5,18 e em fevereiro de 2024 o valor foi de R$4,96.

Participe do nosso Grupo no WhatsApp Participe do nosso Grupo no WhatsApp

No caso do boi gordo, apesar das exportações de carne bovina em patamares recordes (clique aqui), a perda acumulada nesse início de 2024 era esperado de certa forma, devido ao período do ano, quando tradicionalmente predomina uma maior oferta de animais para o abate e um consumo doméstico mais lento.

O preço futuro do boi gordo também passou a cair com mais intensidade na segunda metade de fevereiro, reflexo da queda no mercado físico, criando assimetrias interessantes para aqueles que investem no mercado futuro. E por falar no assunto, clique aqui e confira a evolução diária do preço do contrato futuro do boi gordo para outubro e da referência no físico (Cepea). 

Saiba quais são as 10 Agtechs que tem tudo para transformar o agronegócio brasileiro em 2024! Clique aqui e confira!

Clique aqui e receba os estudos do Farmnews pelo WhatsApp!

Ivan Formigoni

Zootecnista, Fundador do Farmnews e interessado em fornecer informações úteis aos nossos leitores!

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo